domingo, 23 de agosto de 2015

Ciclo Viagem Natal - Parelhas 2015

Como o prometido... dessa vez não fomos a Caicó, como era de costume anualmente. Resolvemos mudar o percurso do terceiro dia e irmos para Parelhas. A semana que antecedeu a ciclo viagem, ocorrida nos dias 24, 25 e 26 de Julho,  apresentou-se chuvosa, como já é de costume, mas restrita ao litoral o que comprovaríamos em instantes logo que saímos de Natal.
1º Dia - 24/07/2015 - Trecho Natal - Santa Cruz (140 KM)
Conforme o combinado, estávamos reunidos às seis horas da manhã para a partida de mais uma ciclo viagem. Resolvemos mudar o percurso... O desafio agora era chegar a Parelhas e não mais a Caicó, o que fazíamos há quatro anos seguidos. Desafio lançado e aceito, resolvemos cumprir o planejado e partimos...
Perfilados para a foto oficial - BR 101 - Natal/RN
Saímos pontualmente e logo comprovamos que as chuvas estavam restritas ao litoral. As nuvens pesadas e o clima ameno nos acompanharam por um bom tempo, chuva mesmo... nenhuma! Seguimos para a cidade de Traíras, local de nossa primeira parada já com 35 KM. Rapidamente nos abastecemos e seguimos para a cidade de Serra Caiada, distante 75 Km do nosso ponto de partida. Trecho muito verde entre Traíras e Serra Caiada. As chuvas deram um tom especial ao trecho nesse ano, bem diferente dos anteriores, onde predominava já vegetação seca devido às poucas chuvas.
Trecho saindo da cidade de Traíras/RN
As estradas de terra estavam em melhores condições do que nas edições passadas que utilizamos esse percurso para irmos a Santa Cruz. Muitas estradas tinham sido passado máquinas niveladores e outras tantas foram piçarradas, o que nos trouxe uma condição favorável em relação a média horária nesse trecho. Como de costume paramos para a primeira foto "oficial".
Foto Oficial - próximos à RN 120.
Chegamos na cidade de Serra Caiada até antes do que tinha planejado, o que era de se esperar com as boas condições das estradas desde que saímos da cidade de Traíras. Uma parada para reabastecermos e seguimos por um novo percurso até a cidade de Tangará. Sempre utilizávamos a BR 226 para irmos de Serra Caiada a Tangará. Dessa vez fomos por trilhas o que nos dá muito mais prazer... Seguimos no sentido do assentamento Três Corações, passando por Freitas, um povoado da cidade de Tangará. Bonito trecho e que certamente todos aprovaram.
Serra Caiada/RN
Próximos ao povoado Freitas-Tangará/RN
Chegamos na cidade de Tangará ao meio dia, antes mesmo do planejado. Mas dessa vez não chegamos na zona urbana da cidade e sim na propriedade do grande amigo Júnior que nos ofereceu um verdadeiro banquete. Todos estavam de parabéns... fizemos 110 KM (praticamente somente por trilhas e estradas de terra) em uma manhã. Às duas horas da tarde já estávamos partindo para os 30 KM finais entre as cidades de Tangará e Santa Cruz, nosso destino desse primeiro dia da ciclo viagem.
Tangará/RN
Assim que cruzamos a RN 093 tudo muda! Mas muda mesmo... o que era estrada de terra com um pouco de areia, transforma-se em estradas de terra de um vermelho vivo, piçarrada. O que era plano, agora começa a mudar e um tobogã, de muitas subidas e descidas, se torna presente até chegarmos a Santa Cruz. Mais uma parada para uma foto "oficial" e seguimos em um sobe e desce apaixonante...
Foto Oficial (Santa Cruz-RN)
Tobogã (entre Tangará e Santa Cruz)
Avistamos a imagem de Santa Rita de Cássia a apenas cinco quilômetros para chegarmos em Santa Cruz. Ao longe se vê a imagem, considerada a maior estátua Católica do mundo. É um belo sinal que chegamos ao nosso destino do primeiro dia e uma imensa satisfação. 
Imagem de Santa Rita de Cássia ao longe (Santa Cruz/RN) 

Imagem de Santa Rita de Cássia - Santa Cruz/RN
Depois de algumas fotos seguimos para a pousada para um merecido descanso...


2º Dia - 25/07/2015 - Santa Cruz  - Acari (104 KM)
O clima ameno e o tempo nublado do primeiro dia se foram. Agora era céu claro, clima quente e o sol como companheiros. Saímos de Santa Cruz sentido a cidade de Campo Redondo por vota das sete horas da manhã, A cidade de Campo Redondo fica distante 26 KM de nosso ponto de partida. Entre essas cidades a topografia muda e já sentimos as altimetrias já nos primeiros quilômetros. Uma foto "oficial" para registrar.
Trecho entre Santa Cruz/RN e Campo Redondo/RN - Ao longe relevo do percurso.
Foto Oficial (Campo Redondo/RN)
Chegamos por volta das nove e meia da manhã em Campo Redondo. Abastecemos e partimos para a cidade de Povoado Cruz, onde almoçaríamos. De Campo Redondo em diante a vegetação muda bastante. É um divisor de vegetação, clima e terreno. O verde, começa a dar lugar a um tom acinzentado, de seca mesmo! A temperatura aumenta a cada hora de movimento pedalado e aos poucos, a cada quilômetro, as estradas de terra vão mudando para estradas cheias de pedras, acidentadas,  de imperfeiçoes, buracos...
Saímos de Campo Redondo antes das duas horas da tarde. Dessa vez não chegaríamos a cidade de Acari por asfalto e sim por trilhas, passando pelo açude Gargalheiras. Mais uma mudança no percurso em relação ao que fazíamos anteriormente. Rápida parada na cidade de Currais Novos e seguimos para o Açude Gargalheiras.
É muito lindo aquele lugar...Suas imensas montanhas de pedras margeando o açude sempre foi uma característica marcante. O que não era ou pelo menos não gostaríamos de ver, era vê-lo seco. Pedalamos quilômetros em seu leito e jamais pude imaginar ver o Açude Gargalheiras daquele jeito. Com apenas 1% de sua capacidade de água é de cortar o coração daqueles, que como eu, viu aquele açude cheio. Era difícil acreditar... mas é necessário crer que essa condição será passageira.
Açude Gargalheiras - Acari/RN

Chegamos em Acari por volta das cinco horas da tarde. Tudo saiu como o planejado e agora era recuperarmos pra o desafio de chegarmos a cidade de Parelhas no terceiro e último dia da ciclo viagem.

3º Dia - 26/07/2015 - Acari - Parelhas (54 KM)
A cidade de Acari amanheceu com dia claro e sem nuvens. Resolvemos sair um pouco mais tarde da cidade rumo a Parelhas. Já há dois dias seguidos acordávamos muito cedo e com mais de 250 KM pedalados um descanso maior era merecido.
Acari/RN
Por volta das oito horas da manhã partimos para o nosso terceiro e último dia da ciclo viagem. Não conhecia totalmente o percurso, afinal, mudamos de destino final dias antes da ciclo viagem acontecer e não tive tempo suficiente para um mapeamento da região. Saímos de Acari por uma estrada de terra pelo lado esquerdo da BR 427.
Saindo de Acari/RN
Com poucos quilômetros pedalados estávamos na estrada de terra em que se vê o Bico da Arara. Com 654 metros de altura, o Bico da Arara é considerado um patrimônio de Acari. Trata-se de uma elevação de granito, onde se observa a presença de uma fenda vertical originada a partir de fenômenos naturais.
Próximos ao Bico da Arara - Acari/RN


Bico da Arara - Acari/RN
Excelente estrada de terra e belíssimo visual desde que saímos, mas até o KM 14, somente... Deste ponto em diante, entramos em um single track pra ninguém botar defeito, daqueles que se via nos filmes do Cangaço. No início, bastante desafiador, mas depois ficou intransponível. Tinha deixado de planejar o percurso do terceiro dia por estradões de terra e tentar chegar a cidade de Carnaúba dos Dantas por esse trecho. Não foi a melhor escolha...
Início Single Track - Carnaúba dos Dantas/RN
Eram "apenas" 3,5 KM de single track antes de chegarmos em Carnaúba dos Dantas, mas se tornaram infinitos... Logo que iniciamos o percurso era até "pedalável", mas depois a estrada fechou e a Caatinga mostrou sua força. Muitos espinhos, pedras, galhos secos...etc. Chegamos por volta das nove da manhã nesse trecho e conseguimos sair e encontrar um refúgio apenas depois do meio dia. Era tanto pneu furado que perdemos a conta de quantos furos as câmara de ar tinham. Quem tinha pouco líquido selante, ficou na mão e até quem estava com bastante líquido, teve que utilizar a bomba de encher várias vezes para repor a pressão...
Caatinga - Carnaúba dos Dantas/RN

Ficamos do meio dia até as três horas da tarde consertando os pneus avariados.
Depois de muitos remendos e muita "paciência", conseguimos chegar em Carnaúba dos Dantas, já bem próximos das quatro horas da tarde. Tive que tomar uma decisão que não gosto... mas precisávamos interromper a viagem ali mesmo.
Na praça central de Carnaúba dos Dantas, cansados, famintos e exaustos, resolvemos interromper e chegar a Parelhas ficou para outra oportunidade....
Imprevistos acontecem e tiramos melhores lições de situações adversas do que de situações favoráveis. Tirei as minhas e pretendo evitá-las...
No mais é agradecer a todos que me deram o prazer de suas companhias durante esses três dias de muito mountain bike, dizer que se Deus permitir voltaremos e agradecer pela confiança depositada.
Agradecimento especial ao casal Juarez/Isabella pelo apoio dado e que sem eles jamais conseguiríamos ter o sucesso planejado.

Um ciclo abraço e até a próxima...


CICLO VIAGEM NATAL - PARELHAS 2015.
Dias 24, 25 e 26 de Julho de 2015.

PARTICIPANTES:

EWERTON, SHEYLA, PAULO, DÉCIO, KELLEN, FÉLIX, JOÃO PAULO, LINO, EDMILSON, ANDRÉ PREGADO, FELLIPE, LEIDSON

APOIO:

JUAREZ/ISABELLA

AGRADECIMENTOS:

SÍTIO JÚNIOR - Tangará/RN
RESTAURANTE STESSEL - Povoado Cruz/RN
POUSADA NOVA ALIANÇA - Santa Cruz/RN
POUSADA DAS CORDILHEIRAS - Acari/RN
NATAL VANS












0 comentários:

Postar um comentário